HISTÓRIA

Valtellina do Brasil, nascida em 2013, que trouxe até o mercado brasileiro, toda a experiência e as potencialidades do Grupo Valtellina – se tratando de uma realidade fundada na Itália em 1937, e hoje em dia atuante em diversos lugares ao redor do mundo (com mais de 1500 funcionários), em especial na América Central e América do Sul.

O Grupo, dirigido pela família Valtellina, fornece serviços de construção e manutenção de infraestruturas para redes de telecomunicação. Progressivamente, foi ampliando suas expectativas em setores como as linhas elétricas de médias tensão, o networking, e usinas de energia fotovoltaica e eólica.

Em pouco tempo, a Valtellina do Brasil soube crescer tanto em termos de faturamento quanto no tocante às relações institucionais e comerciais. Mostrou ser um player disponível e competitivo, desprovido de vínculos preconcebidos, e propositivo para com todos os operadores do mercado. Dito crescimento vem sendo acompanhado e sustentado por escolhas significativas também ao nível do management: os Administradores da Sociedade são os senhores Gianpietro Valtellina, Presidente da Valtellina SpA, e Giacomo Marsala, Presidente da Valtellina Centro América. Sua presença direta, testemunha o grau de atenção com que o Grupo olha para o mercado brasileiro e para o futuro da atividade no território.

Ao longo de 2014 foi desempenhando atividades de manutenção tanto para a TIM Brasil quanto para Intelig Telecomunicações, sendo esta última uma Sociedade controlada pela própria “Tim-Telecom”. O início da parceria esteve focado exatamente na parte da manutenção da rede de fibra óptica no município do Rio de Janeiro; em seguida passou-se à implantação de novas linhas de fibra óptica também em áreas suburbanas (sitas em regiões do Estado do Espírito Santo, e em Brasília).

Em 2015, com a multiplicações das encomendas, Valtellina do Brasil viu-se obrigada a procurar uma nova sede administrativa e operacional, no Rio de Janeiro, que estivesse apta a oferecer um espaço e ambientes idôneos tanto para os departamentos e escritórios técnicos e administrativos, como para as estruturas que suportam a operação propriamente dita. Essa nova sede foi inaugurada no mês de outubro de 2015.

O ano de 2016 vem se apresentando como um período extremamente positivo. A Sociedade adjudicou-se algumas licitações da TIM Brasil, no valor de aproximadamente 30% do market share para os próximos três anos, isto é, pelo que diz respeito à realização de novas linhas em fibra óptica e à prestação de serviços de manutenção. Em especial, no que tange à área metropolitana do Rio, a cota de mercado gira em torno da faixa de 50%. Vislumbra-se um desenvolvimento bastante relevante também em relação às atividades – mais uma vez a serviço da TIM Brasil – a serem desempenhadas em regiões do Espírito Santo e do Nordeste do País; igualmente significativo é o crescimento do volume de trabalho que deverá ocorrer tanto no município quanto no Estado de São Paulo, em 30% das atividades metropolitanas, e 30% pelo que diz respeito às de longa distância. Esse desenvolvimento levou a acelerar os investimentos em termos de estruturas, meios e equipamentos: nesse cenário, haverá a transformação da sede comercial de São Paulo em mais uma sede operacional stricto sensu, além da renovação da frota e dos principais equipamentos e ferramentas destinados aos canteiros de obra. Tem a previsão de que, até o final do ano, o quadro de funcionário vá ter um incremento sensível.

Storia_a
Storia_b